Turismo Acessível para pessoas com deficiência visual

De acordo com o censo realizado pelo IBGE em 2010, mais de 45 milhões de brasileiros tem alguma deficiência. Destes, 6.582.000 tem deficiência visual e essas pessoas também viajam, se divertem, embora a sociedade ainda não enxergue na pessoa com deficiência a potencial capacidade para o consumo, o turismo também faz parte de seu cotidiano, pelo que a preocupação com acessibilidade tem sido cada vez mais frequente em hoteis, restaurantes e demais locais públicos e os quais recebem turistas.

A Tecnoblind, com o desiderato de incentivar a discussão sobre o assunto, promoverá, em 13/02/2016 (sábado), às 16h, seu segundo seminário on-line, dessa vez sobre a temática do turismo acessível para pessoas cegas e com baixa visão.

Confira o roteiro das palestras e faça logo sua inscrição. A participação é gratuita.

13/02/2016 – Sábado

16h00: Mesa de abertura;
16h10: Encontro Sentidos e a organização de passeios para pessoas com deficiência visual. Volmir Raimondi, presidente da União Latinoamericana de Cegos;
16h30: Acessibilidade arquittetônica em hoteis e locais de turismo – Regina Cohen. Pesquisadora e Coordenadora do Núcleo Pró-acesso e consultora técnica em acessibilidade;
16h50: O uso da audiodescrição como recurso de acessibilidade comunicacional em passeios. Liliana Tavares, audiodescritora e gestora da Com Acessibilidade Comunicacional;
17h10: História e contexto atual do projeto Roda Guia: Passeios de bicicleta com pessoas com deficiência visual. Paulo Sérgio Suldóvski, presidente da Associação Joinvilense para a integração dos Deficientes Visuais;
17h30: Projeto Vilacessível e a organização de passeios envolvendo pessoas com deficiência visual. Simone Freire Belo e Audier Silva Gomes, coordenadores do Vilacessível;
17h50: Espaço para perguntas;
18h30: Encerramento.

Faça sua Inscrição!

Fonte da informação no site: www.tecnoblind.org.br/turismo2016

Submitty the community

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *